item1.gif (417 bytes)
item2.gif (369 bytes)
item3.gif (380 bytes)
item4.gif (431 bytes)
item5.gif (758 bytes)

Nutricional
Minerais

Sanitário
vacinas
Vermes e Vermífugos
Os riscos do homem
Manejo Geral
Os lotes
A identificação
A Tropa
Sinuelos
Pastos e Sub-Divisões
Vacas amojadas
Recém nascidos
Mamando
Desmame
Estresse da desmama
Desmame precoce
Recria
castração
Manejo reprodutivo

Reprodução
Fertilidade
Fecundação
Sanidade na reprodução
Cuidados com os machos
Cuidados com as fêmeas
Principais
enfermidades

Brucelose
Leptospirose
IBR-IPV
BVD
Trichomonose
Campilobacteriose
Estação Reprodutiva
Estação reprodutiva de novilhas
Estação reprodutiva
de vacas

Primíparas
Descanso pós parto
Descarte
Idade
A infertilidade e o aborto
Habilidade materna
Reposição de matrizes
Eficiência reprodutiva
Diagnóstico de
gestação

Comentários

Introdução Assistência
veterinária

Cursos de I.A.
Inseminador

Embalagens de sêmen
Pellets
Ampola
Minitubo
Palheta média Palheta fina

0
0

Manejo com o botijão
Distribuição de temperaturas no botijão

Ovários
Trompas uterinas
Útero
Cornos uterinos
Corpo uterino
Colo ou cérvix uterina Vagina
Vulva

Puberdade
Ciclo estral

Pré cio
Reconhecimento do cio
Cio
Momento ideal de inseminacaor
Pós cio
Anestro fisiológico
Anestro
Puerpério fisiológico
Hemorragia de metaestro
Cio de encabelamento
Cio silencioso
Gestação
Intervalo parto-concepção
Intervalo entre partos

Com palheta média, palheta fina ou minitubo
Com ampola


 

9. INSTALAÇÕES PARA A PRÁTICA DA I.A.

Para o bom desempenho do ato de inseminacaor, recomendam-se as seguintes instalações:

Tronco ou brete; que deve ser coberto para evitar a luz solar, extremamente prejudicial ao espermatozóide.

Uma simples adaptação nas instalações já existentes na maioria das fazendas, é suficiente para dotar a fazenda das condições necessárias.

Em determinadas propriedades, com grandes extensões de terra, pequenos currais de inseminacaoção podem ser construídos de forma a facilitar o manejo e otimizar a Inseminação com vários bretes de contenção bastante simples. Estes currais podem, inclusive, servir para outras atividades

Cômodo para os materiais de Inseminação Artificial; que pode ser um armário também de construção simples e econômica.

Pia com água corrente e uma bancada onde possa trabalhar com os materiais.

É importante que estas estruturas estejam próximas do tronco de contenção, para que, após o descongelamento do sêmen, o mesmo seja introduzido o mais rápido possível no aparelho genital da vaca em seu "alvo" correto.

As vacas leiteiras podem ser facilmente inseminacaodas dentro do próprio estábulo, desde que o animal fique bem contido durante a Inseminação.

10. MATERIAIS NECESSÁRIOS PARA I.A.

Para a implantação da Inseminação Artificial, a fazenda deve adquirir os seguintes materiais:

Botijão para a conservação do sêmen;

Sêmen dos reprodutores selecionados ao programa;

Estojo completo para o Inseminador, contendo luvas, bainhas, aplicadores, termômetros, pinças, etc.